terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Era dos Dragões

A Floresta das Luzes

A floresta das luzes surge em um terreno que deveria ser árido, onde a vegetação deveria na melhor das hipóteses ser rasteira composta por arvores esparsas e arbustos, mas a floresta e enorme e vibrante, espíritos podem ser vistos vagando por ela a noite de maneira pacifica , pelo menos por aqueles que param para observar, a terra é generosa naquele local, apesar da ausência de minérios que possam ser explorados por eficiência, mesmo com o cobre sendo encontrado próximo a superfície não existe latão, ferro ou prata para ser retirado, tal escassez de recursos pouco atrairia as raças do criador, pelo menos quase todas elas, os caminhantes cinzentos, a ultima das criações de Oberon antes que fosse exilado do mundo que tanto amava, vive na floresta das luzes, uma raça jovem mais que ainda lembram de quando o deus caminhava pelos bosques, de quando falava com todos os seus filhos, sentem falta dessa era de ouro, mais acompanhados pelos espíritos da floresta aprenderam a evoluir por preceitos que parecem ineficientes, o povo lobo aprendeu com os espíritos sua maior verdade, a harmonia com a floresta.

"Nasce na água
Vive do ar
Agradece ao fogo
Retorna a terra"


Vivendo da floresta e devolvendo o que dela retiram, fazem das pedras e da madeira suas armas, quando não podem, apenas as dádivas da natureza em seus poderosos dentes já lhes servem para defesa e caça, a surpresa foi grande ao encontrarem com os orcs, inicialmente acreditaram que a forma como os orcs vivia era blasfema, quase ouve guerra, mais os próprios invasores se mostraram honrados, se esforçaram pela paz e tal atitude não podia ser paga com um ato de maldade, aconselhados pelos espíritos da floresta a ouvirem os orcs, lhes ensinaram sua filosofia, métodos de agricultura e lhes mostraram uma terra que lhes agradou, mesmo não conseguindo entender porque os orcs preferiram viver nas montanhas, terras das bruxas voadoras.

"Corredor cinzento"


Harpias

As bruxas com asas como os lobos as conhecem, são criaturas de outro mundo, não existe definição, desde que descobriram a existência dos corredores cinzentos tais criaturas empreendem ataques, seu vôo e silencioso, suas magias são mortais e desconhecidas, tais seres utilizam mascaras de poder assustadoras, ou pelo menos, cujo os rostos o povo lobo aprendeu a temer.

"Os orcs conseguiram afastar as harpias"


Para matar verdadeiramente uma harpia é necessário lhe arrancar a mascara, uma vez tirada a mascara elas se desfazem em feixes de escuridão, historias dizem que tais seres foram criados pela presença de algo maligno alem das montanhas, algo tão terrível e poderoso que distorce as leis naturais, recria a sagrada criação, tal lugar já foi achado pelos lobos mais um ataque aquele ponto e impossível, alem do numero exorbitante de inimigos, seriam necessárias assas para lutar em igualdade com as bruxas, que parecem ser capazes de sobreviver ate os dragões e mesmo os poderosos orcs com seus wyverns que já as venceram, não vêem vitoria certa num ataque a região que é conhecida como a cova, pois traz podridão, nada cresce por lá o que gera uma duvida terrível de o que tais criaturas comem, e se não comem porque caçar o povo lobo e agora os orcs?

"As bruxas com asas"


Armas

Ainda que não possuam metal, o povo lobo retira laminas nascidas das rochas das montanhas próximas aos territórios dos ogres que também se isolam, mantendo a auto-suficiência como desculpa para não interagir com os demais seres do mundo, laminas de vidro negro, obsidiana, que conseguem tanto de ogres mortos quanto do próprio solo das montanhas, tal cristal e duro e afiado, mesmo os goblins ao conhecerem tais armas surpreenderam-se, não vencem uma couraça metálica, lamina alguma vence uma couraça unicamente pelo fio, mais nunca viram laminas mais afiadas que essas rochas, tais armas serviram muito ao povo lobo em suas investidas contra as harpias, por receberem tudo que precisam da floresta, mesmo as armas os guerreiros lobos tentam manter a floresta a todo custo protegida, e por tal determinação os espíritos lhes permitiram farejar “corrupção”.

"Vidro lava para facas e lanças"


Espiritos das Luzes

"Uma das mais fortes tradições misticas"



Todas as noites as luzes da floresta se fazem presente, muitas lendas falam de quem são, do que desejam, mais o que fazem é conhecido, eles auxiliam aqueles que respeitam a floresta, através de sua ajuda e ensinamentos os corredores cinzentos conseguem sobreviver e progredir em sua floresta, os espíritos são vistos em mais locais do mundo com muito menos freqüência, mais todas as noites surgem na floresta das luzes mostrando o caminho aqueles com coragem para segui-los.
"Espirito da luz"

Nenhum comentário:

Postar um comentário