terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O Mestre da Masmorra

Batalha Com Espadas Medievais

Espadas, armaduras e punhos: As artes marciais europeias da Idade Média eram fruto de técnica, força e conhecimentos de anatomia e geometria

Quando se fala em luta de cavaleiros medievais, vêm à cabeça dois homens enlatados, quase imóveis, usando espadas pesadíssimas como se fossem clavas. Luta assim é coisa de cinema. Na Idade Média e no início da Renascença, as artes marciais ocidentais eram razão de aprendizado teórico e treinamento prático, tal como suas correspondentes no Oriente, para as quais não ficavam a dever nada tanto em letalidade quanto em fineses.

"Duas espadas, melhores que uma, ou não?"


Um cavaleiro usava o corpo inteiro para lutar, e havia diversas técnicas e estilos, alguns bem elegantes. As artes marciais do Ocidente não estão exatamente perdidas. Elas se transformaram com a entrada em cena das armas de fogo – uma evolução que chega até ao treinamento de exércitos modernos, que inclui o combate corpo a corpo. Diferentemente do Japão, onde o kendo, derivado da espada samurai, é tradição viva, a espada medieval simplesmente deixou de ser praticada, dando lugar às artes marciais urbanas, com modelos bem diferentes, para defesa pessoal e uso em duelos.

Essas técnicas urbanas deram origem à esgrima olímpica, no século 19, um esporte que nem de longe lembra o combate histórico. “Esgrima olímpica é jogo, não luta de espadas”, diz o instrutor Renato Moussalli, que ensina esgrima histórica e olímpica em São Paulo. Hoje, entusiastas e acadêmicos vêm resgatando as artes marciais ocidentais, através da leitura de manuais de combate medievais e renascentistas. O mais antigo é de 1300, encontrado em um monastério em Francônia, Alemanha. Collectanea, um dos mais famosos, foi escrito por Pietro Monte (1457-1509), teólogo, matemático e amigo de Leonardo da Vinci. Nessa época, a espada era tratada como disciplina acadêmica, baseada em conhecimentos de anatomia e geometria.

Mas e as lutas de espada do cinema? “Essa visão deturpada vem do Romantismo do século 19, em encenações teatrais feitas por gente que não sabia como as espadas funcionavam”, escreveu o instrutor e historiador norte-americano John Clements, diretor da Arma, Associação para Artes Marciais da Renascença.
                                                                                                                 

Tecnica de luta: 1 ponto

Espadas longas/pesadas

Você teve treinamento em combate, assim como a vantagem de mesmo nome que aparece em Brigada Ligeira Estelar e Megacity talvez o mestre deixe você ter acesso as manobras do blog em simultâneo com as oficiais, em todo caso você pode comprar essa vantagem varias vezes, cada vez que escolher essa vantagem pode pegar duas novas manobras de combate.

Manobras de Combate

Guarda Do Falcão
Um movimento simples: o atacante simplesmente mantem a espada para o alto normalmente acima da cabeça e flexionando o braço deixa ela cair com força sobre o oponente, a espada causará um estrago considerável ao acertar o inimigo e a força do golpe dificulta defesas. Gaste 1 PM e adicione +2 à FA do golpe.

Blefe
Você finge um golpe e realiza outro. Faça uma manobra de combate qualquer. Calcule Força de Ataque e Força de Defesa normalmente. Contudo, mesmo se acertar, você não causa dano. Em vez disso, o dano que você causaria é aplicado como uma penalidade à Força de Defesa do oponente na rodada seguinte. Você precisa usar outra manobra de combate na rodada seguinte (por exemplo, não pode blefar com uma Guarda do falcão e depois realmente realizar uma Guarda do falcão).
Pré-requisitos: duas manobras de combate quaisquer.

Bloqueio
A primeira coisa que o guerreiro aprende antes de atacar é bloquear o adversário, usando a espada em duas mãos ele desvia ou defende os ataques direcionados contra ele, normalmente segurando uma mão na lamina e outra no cabo. Gastando 1 PM, você ganha +2 na FD contra um ataque corpo a corpo.

Bloqueio Agressivo
Você usa sua espada para bloquear e atacar o adversário ao mesmo tempo, mantendo a lamina da arma direcionada ao inimigo ao realizar a defesa, o espadachim competente não bloqueava passivamente, ao receber um golpe tentava direcionar sua espada ao inimigo. Gastando 2 PMs você ganha +2 na Força de Defesa contra um ataque corpo-a-corpo. Além disso, seu adversário sofre como dano, a diferença entre a FD e a FA quando essa for positiva (aredondada para baixo).
Pré-requisito: bloqueio.

Bloqueio de Armadura
As armaduras dos guerreiros são grossas e laminas não vencem fácil o ferro endurecido, mesmo as partes mais finas, você pode usar uma parte de sua armadura para bloquear o ataque surpreendendo o inimigo, geralmente os braços ou mesmo ombro, fazendo a lamina deslizar pela armadura. Ao custo de 1PM você recebe um bônus de +2 na FD durante a rodada, com um custo de 2PMs você pode bloquear o oponente e em seguida realizar um movimento de contra ataque (veja “resposta”) ou desarme, o oponente precisa fazer um teste de H ou recebe um redutor de A-2 para tal manobra.

Desarmar
Você pode usar sua espada para deixar seu oponente de mãos vazias. Como uma ação, gaste 1 PM e faça um ataque normal. Se você for bem-sucedido, não causa dano, mas seu adversário deve fazer um teste de H. Em caso de falha, ele é desarmado, sofrendo uma penalidade de –3 em FA até recuperar sua arma (uma ação de movimento). Caso seu oponente use algum tipo de arma especial ou equipamento, também perde o acesso a seus poderes enquanto estiver desarmado.

Duas Lâminas
Ao custo de 2 PMs por turno, você pode lutar com duas lâminas ao mesmo tempo — uma para o ataque, outra para a defesa. Caso opte por defender-se, você recebe um bônus de +2 em A. Caso prefira atacar, recebe um bônus de +2 em F. Em duelos formais, é de bom tom embainhar uma das espadas, outra possibilidade é o uso de escudo para substituir a segunda espada, nesse caso é valido apenas a opção de defesa.
Pré-requisitos: uma técnica ofensiva e bloqueio.

Mordhau
Armaduras costumavam ser muito difíceis de se vencer usando laminas, havia muitos truques para se danificar uma e ferir quem estava dentro, para quem usava uma espada uma das mais simples era chamado de mordhau ou golpe assassino em alemão, ao usar a guarda geralmente rígida e pontuda da arma como um martelo de guerra o atacante podia causar um ferimento severo no inimigo despreparado. Gaste 2 PMs e faça um ataque corpo-a-corpo. O defensor recebe um redutor de A na FD durante o ataque, igual a F do atacante.

"SINTA A FORÇA DO MEU COMBO"


Resposta
A resposta é meramente a ofensiva que se segue após o bloqueio de um ataque adversário. Ao custo de 2 PMs, você pode atacar imediatamente após ser bem-sucedido em um bloqueio — efetivamente ganhando o direito a um ataque adicional na rodada. Este deve ser um ataque comum, sem combinação com qualquer manobra.

Pré-requisito: bloqueio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário